UniPET

O Unipet-Maringá é o nome dado à união entre os grupos PET da Universidade Estadual de Maringá, com o objetivo de promover a integração entre os integrantes do grupo da IES (Instituição de Ensino Superior) já citada e contribuir com as comunidades interna e externa à universidade de diversas formas, promovendo atividades que envolvam a Tríade Universitária, baseada em ensino, pesquisa e extensão.

Em torno dos anos 2000, na época o Programa Especial de Treinamento esteve a ponto de ser eliminado pelo Governo brasileiro. Os grupos imediatamente reagiram, reunindo-se e organizando viagens e protestos em Brasília, lutando pela sua existência. A partir daí, como mecanismo de defesa, os chamados Interpets apareceram, onde os grupos encontram-se periodicamente para discorrer acerca de temas relevantes ao programa, como as normas e políticas associadas, por exemplo, além de atividades em conjunto, como organização de eventos.

Na UEM, o Unipet conta hoje com a presença de 15 grupos, a saber:

Esses grupos reúnem-se quinzenalmente em assembléia geral, além de reuniões específicas para organização de determinadas atividades, criando para isto, comissões entre os alunos que participam dos grupos listados acima.

O UNIPET realiza todos os anos o Ciclo de Atividades, composto por: Amostra de Cinema, onde os grupos selecionam filmes que tenham alguma mensagem e que gerem discussão, organizando um debate logo em seguida; PET na Praça, onde os grupos apresentam algum tema específico em algum lugar fora da universidade; Unipet Cultural, onde os grupos reúnem-se no teatro da Universidade e organizam apresentações de peças, músicas, entre outros.

Assim, esta união proporciona uma aprendizagem a todos os participantes, que além de entenderem melhor as diretrizes e normas do programa ao qual estão vinculados, desenvolvem atividades que vão além da sua área de atuação, contribuindo para a formação cidadã de uma maneira geral.